Norte-americano ganha concurso ao comer 64 cachorros-quentes

Angela Moore e Ellen Wulfhorst, REUTERS

NOVA YORK - O norte-americano Joey Chestnut defendeu seu título e venceu o Nathan's Famous Hot Dog Eating Contest, concurso anual de quem come mais cachorros-quentes nesta sexta-feira, comendo 64 sanduíches em uma competição que chegou pela primeira vez em sua história à prorrogação. Chestnut, de San Jose, na California, derrotou o hexacampeão Takeru Kobayashi, do Japão, no evento anual promovido na praia de Coney Island, em Nova York.

Os dois estavam empatados em 59 cachorros-quentes cada no fim do tempo normal de 10 minutos, forçando uma prorrogação com morte súbita para determinar qual competidor conseguiria comer cinco cachorros-quentes a mais no tempo mais curto. Os organizadores disseram que foi a primeira prorrogação na história do concurso.

Chestnut venceu a prorrogação, marcando sua segunda vitória consecutiva sobre Kobayashi. O japonês venceu o concurso por seis vezes seguidas, mas perdeu o título em uma derrota para Chestnut no ano passado. Milhares de espectadores estiveram presentes para o evento que acontece anualmente em 4 de julho, dia da independência norte-americana, desde 1916.

O vencedor recebe U$ 10 mil, um cinturão amarelo e um ano de estoque de cachorros-quentes do Nathan's, que começou em 1916 como uma barraca de lanches de Coney Island e hoje vende produtos alimentares no mundo todo.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais