Já chorei muito por indignação, hoje eu choro por alegria, diz Ingrid

JB Online

PARIS - Em discurso no aeroporto de Paris, recepcionada pelo presidente da França Nicolas Sarcozy e a primeira-dama Carla Bruni, a ex-senadora Ingrid Betancourt, resgatada após seis anos em poder das Farc colombianas, se pronunciou para a população.

Sarkozy disse que " Não há fatalidade e é importante continuar a lutar, a França a ama é você é muito bem-vinda".

- Eu sonho há sete anos de viver esse momento, é muita emoção para mim poder respirar o ar da França e eu devo tudo a vocês, quando eu pego a mão de Nicolas eu vejo o quanto ele lutou por mim. É como se eu segurasse a mão de toda a França que participou do meu desepero e soube da minha luta - disse Ingrid.

Ela disse ainda que foram enviadas mensagens que ela realmente recebeu no fundo da selva.

- Trago a vocês o agradecimento de colombianos que estão felizes com a notícia. Penso que conseguimos o que parecia impossível, a inteligência e o amor de todos venceram, faço questão de estar aqui hoje agradecendo, devo muito a vocês. Eu chorei muito durante todo esse tempo por indignação, hoje eu choro de alegria - completou.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais