Equador diz que relações com Colômbia não estão em ponto morto

REUTERS

QUITO - As relações entre Equador e Colômbia não estão em ponto morto apesar da decisão do governo de Quito de mantê-las suspensas, anunciou nesta quarta-feira a chanceler equatoriana, María Isabel Salvador, que assegurou que a OEA mantém sua gestão à procura de uma solução.

Colômbia e Equador tinham previsto restabelecer suas relações diplomáticas em nível comercial nesta semana, mas Bogotá postergou o acordo em protesto contra declarações consideradas não amistosas do presidente equatoriano, Rafael Correa.

Diante da situação, o governo equatoriano anunciou que não restabelecerá relações com Bogotá e ameaçou aplicar restrições às relações comerciais entre os dois países.

- Não estamos em ponto morto enquanto as negociações da Organização dos Estados Americanos (OEA) continuarem. O secretário-geral da OEA segue intervindo na situação, provavelmente os vice-chanceleres irão se reunir, mas sim, é um retrocesso relativo - disse Salvador à Rádio Caracol.