Ciclone Fengshen deixa um morto e um ferido na passagem pela China

Agência ANSA

PEQUIM - O ciclone tropical Fengshen, que atingiu hoje a China meridional, provocou a morte de um marinheiro, deixando outro ferido.

Todas as atividades foram suspensas em Hong Kong e a Bolsa, uma das mais importantes da Ásia, permaneceu fechada, assim como as escolas e os escritórios. A atividade nos aeroportos locais foi cancelada preventivamente.

O ciclone Fengshen, que na semana passada atingiu as Filipinas, causando cerca de 600 mortes, passará pelo território chinês a uma velocidade de 186 km/h, segundo previsões. Após passar por Hong Kong, Fengshen - nome que significa 'Deus do Vento' em mandarim - vai se deslocar para a província de Guangdong, segundo os especialistas.

As autoridades do Cantão mandaram advertências a mais de 13 mil barcos para que retornassem ao porto, enquanto a cidade costeira de Shenzhen cancelou 20 vôos que decolariam do aeroporto internacional.