Kuwait: xeique da família real é condenado à morte por tráfico

Agência ANSA

KUWAIT - A Corte de Cassação da cidade de Kuwait confirmou, nesta terça-feira, a condenação à morte por tráfico de drogas ao xeique Talal Nasser Al Sabah, membro da família real, segundo fontes da Justiça local. Esta é a primeira vez que alguém da família real recebe a pena capital.

A Justiça já havia considerado Talal culpado pelo crime de tráfico de drogas nos primeiros dois graus de juízo, em janeiro e em dezembro de 2007. Agora, resta apenas o pronunciamento do emir do Kuwait, que poderá confirmar a sentença ou permutá-la a uma pena de detenção.

Junto ao xeique, a Corte de Cassação também condenou outros cinco homens tidos como cúmplices no caso: três árabes à prisão perpétua e outros dois, a sete anos de detenção