Preso, Fritzl recebe centenas de cartas de amor

Portal Terra

VIENA - Josef Fritzl, que manteve a filha Elisabeth durante 24 anos presa em um porão de Amstetten e teve sete filhos com ela, está recebendo centenas de cartas de amor. Segundo o jornal Daily Mail, as remetentes são mulheres se oferecendo para viver um romance com o austríaco.

Algumas das mulheres chegaram a dizer que Fritzl tem bom coração e que é mal interpretado. Há também as que acreditam que ele prendeu a filha por tanto tempo para mantê-la longe de problemas. Até agora, o engenheiro elétrico aposentado já recebeu cerca de 200 cartas.

No entanto. O número maior de cartas endereçadas a Fritzl, que está na prisão de Sankt Poelten, tem outro tipo de conteúdo. São pessoas indignadas que repudiam o ato do austríaco. Até o momento, aproximadamente 5 mil cartas já foram destinadas a ele.

Novas identidades

Elisabeth vai ganhar uma nova identidade das autoridades de cidade de Amstetten. Os seus seis filhos e a mãe, Rosemarie, também ganharão novas identidades. Os papéis serão encaminhados pelas autoridades depois que a família decidiu não falar com a imprensa.