Preços do petróleo provavelmente atingiram pico, diz FMI

REUTERS

ROMA - Os preços internacionais do petróleo provavelmente atingiram o pico como resultado da desaceleração econômica global, disse nesta terça-feira o diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn.

Strauss-Kahn afirmou também que o FMI espera uma continuidade do aperto nas condições de crédito, mas acredita que não haja risco de uma crise profunda de financiamento na Europa.

- Há boas razões para esperar que os preços do petróleo não subam, porque a desaceleração econômica terá o efeito de reduzir a demanda - disse em conferência em Roma.

Em outros comentários, ele falou que ainda é muito cedo para dizer se a crise no setor de crédito de alto risco (subprime) dos Estados Unidos já acabou, e que a desaceleração econômica global deve durar bastante, mas não deve ocorrer de forma profunda.

Ele disse que o Banco Central Europeu (BCE) tem sido "muito efetivo" nas medidas para conter a crise financeira e está correto em deixar o foco da política de juros em manter as expectativas de inflação no menor patamar possível.