Cúpula FAO: Presidente do Irã critica organismos da ONU

Agência ANSA

ROMA - O presidente do Irã, Mahmud Ahmadinejad, advertirá hoje durante a Conferência da FAO (Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação) sobre Segurança Alimentar, Mudanças Climáticas e Bioenergia que os organismos da ONU são controlados pelos países que respondem a 'motivações diabólicas' e 'pensam só em seus interesses'.

Para ele, existe uma 'coalizão contra o desenvolvimento da produção e o recurso da energia nuclear', apesar de suas vantagens econômicas.

- Por um lado, essas pessoas mantêm artificialmente altos os preços do petróleo, da energia, dos juros e apóiam os biocombustíveis obtidos a partir de produtos agrícolas, e, por outro, criam o pretexto para aumentar os preços dos alimentos', de acordo com o presidente.

O discurso de Ahmadinejad foi divulgado antecipadamente à imprensa em Roma.