China: mais de 130 mil soldados atuam nas buscas

Portal Terra

PEQUIM - Até às 8h (horário local), mais de 130 mil soldados chineses se dedicaram às operações de resgate nas áreas devastadas pelo terremoto. Além disso, equipes de resgate já chegaram a todos os 58 distritos e vilas atacados pelo forte terremoto da segunda-feira.

Aviões e helicópteros já levantaram 300 vôos para levar ou lançar equipes de resgate e artigos de ajuda. Cães farejadores também foram enviados à região para auxiliar nas buscas. Na cidade de Dujiangyan, os cães ajudaram um grupo de tropas do Comando Militar de Pequim a procurar sobreviventes.

As ferrovias estão sendo usadas para transportar soldados e assistência de alívio. Entre os 56 trens, que carregaram 28 mil soldados para as áreas afetadas, 21 trens, ou mais de 10 mil soldados, chegaram hoje antes das 6h, disse o porta-voz do Ministério das Ferrovias da China, Wang Yongping.

Segundo a agência estatal Xinhua, um total de 844 vagões de materiais civis estão também a caminho, incluindo 79,7 mil tendas, 828,6 mil caixas de água, 18,87 mil peças de medicamentos, e 351,1 mil cobertas de algodão e mantas, disse Wang.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais