Primeira-dama iraquiana escapa de atentado

Agência AFP

BAGDÁ - A primeira-dama iraquiana, Hiro Ibrahim Ahmad, mulher do presidente, Jalal Talabani, saiu ilesa de um atentado a bomba nesta manhã, quando seu comboio passava por Bagdá, informaram fontes dos serviços de segurança.

Um comunicado do escritório de Talabani informou que uma bomba explodiu hoje na passagem de um dos carros do comboio da primeira-dama, no qual viajavam seguranças. O texto acrescentou que o veículo, alvo do ataque, ficou bastante danificado.

Naquele momento, a caravana de carros ia ao teatro nacional, no centro da capital, onde Ahmad, que tem dois filhos, assistiria aos atos de um festival cultural.

-Um dos veículos do comboio de Hiro Ibrahim atingiu um explosivo improvisado na rua nesta manhã - disse a nota. Ela se encaminhava para o Teatro Nacional para participar de um festival cultural.

A polícia informou que dois soldados iraquianos e dois civis ficaram feridos no ataque, que teria como alvo um comboio militar. Atacar com bombas em ruas é uma das táticas favoritas de várias milícias e grupos insurgentes em Bagdá e em outras partes do Iraque.

O Iraque tem vivido um recrudescimento da violência no último mês, especialmente em confrontos entre forças norte-americanas e do governo contra milícias xiitas em Bagdá e no sul do país. A Al-Qaeda também tem realizado ataques suicidas no norte.