Preso suspeito de planejar atentado contra presidente do Uruguai

Agência AFP

MONTEVIDÉU - Um homem de 52 anos foi preso após confessar que planejava um atentado contra o presidente do Uruguai, Tabará Vázquez, e será submetido a uma avaliação psicológica, informaram fontes policiais da cidade de Mercedes (noroeste), onde a ameaça foi denunciada.

- O suspeito está à disposição da justiça internado no Hospital de Mercedes, onde será avaliado psicologicamente, enquanto se aguarda os resultados da perícia psiquiátrica - assinalou Julio Martínez, chefe da polícia do Departamento de Soriano, que tem Mercedes como capital.

A polícia recebeu uma denúncia de familiares do homem que, interrogado pelas autoridades, disse que estava disposto a matar o presidente por discrepâncias com a política do governo, segundo o jornal El País.

O suposto atentado deveria acontecer nesta quarta-feira na cidade de Dolores, aproveitando a visita do presidente a um centro assistencial da área.