Partido de Berlusconi vence em 12 das 19 províncias italianas

Agência EFE

ROMA - O Povo da Liberdade (PDL), partido de Silvio Berlusconi, ganhou as eleições em 12 das 19 províncias italianas, diante das cinco nas quais venceu seu adversário, o Partido Democrata (PD), de Walter Veltroni, segundo informações do Ministério do Interior italiano.

As duas legendas empatarem em uma província, enquanto na região autônoma do Valle d'Aosta, o único representante foi para um partido regional.

O PDL conseguiu vencer no norte, se aliando à Liga Norte, e no sul, onde se apresentou com o Movimento pela Autonomia. No centro, onde o PDL se apresentou em algumas províncias com a Liga Norte e em outras com o Movimento pela Autonomia, o PD, que se coligou com a Itália dos Valores, ficou com a maioria dos senadores.

O PD perdeu em quatro regiões nas quais a centro-esquerda venceu em 2006: Ligúria (Gênova), Campânia (Nápoles), Calábria e Sardenha.

A União de Centro, do democrata-cristão Pierferdinando Casini, obteve três senadores na Sicília.

Quanto à circunscrição no exterior, três senadores foram para o PDL e dois para o PD, frente aos quatro obtidos em 2006 pela centro-esquerda e dois por Berlusconi. Um sexto senador foi para um partido independente.