Governo colombiano diz que não tem informações confiáveis sobre Ingrid

Agência EFE

BOGOTÁ - O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, admitiu hoje que as autoridades carecem de informações confiáveis sobre o paradeiro e o estado de saúde da ex-candidata presidencial colombiana Ingrid Betancourt.

Ao fazer menção ao grande número de rumores da última semana sobre o paradeiro e a saúde da líder política, refém das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) desde 2002, ele disse que "o Governo não teve confirmação'.

Além disso, afirmou que 'tanto a Polícia Nacional como o Exército fizeram uma averiguação na região do departamento do Guaviare nestes dias e não foi obtida uma confirmação'.

As declarações de Uribe em uma entrevista para a 'Radio Santa Fe' coincidem com as do bispo da Diocese de San José del Guaviare, Guillermo Orozco.

O bispo Orozco disse hoje à Agência Efe que as informações de que a ex-candidata presidencial foi atendida em um hospital de sua jurisdição e que iniciou uma greve de fome 'são apenas rumores'.