Resultados das eleições do Zimbábue começam a surgir

Agência EFE

HARARE - As autoridades eleitorais do Zimbábue começaram hoje a divulgar os primeiros resultados das eleições do sábado passado, em processo que se prolongará por dois dias. Os primeiros dados, divulgados pelos meios de comunicação, afetam as eleições parlamentares. Três das seis cadeiras anunciadas foram parar nas mãos do partido governante Zanu-PF e os outros três ao opositor Movimento para a Mudança Democrática (MDC).

A oposição já canta vitória, de acordo com seus próprios dados. A Comissão Eleitoral sustenta que corresponde só a ela mesma anunciar os dados da apuração e que ninguém mais está autorizado a fazê-lo. O MDC teme que o regime de Robert Mugabe, no poder desde 1980 e que buscava no sábado uma nova reeleição, possa manipular os dados da apuração para atribuir-se uma vitória.

Observadores eleitorais pediram uma rápida publicação dos resultados eleitorais para evitar tensões que possam derivar em confrontos violentos. Ao divulgar os primeiros resultados, o subchefe da Comissão Eleitoral, Utoile Silaigwana, anunciou que em um comparecimento posterior serão divulgados novos dados. As autoridades acham que os dados finais podem surgir por dois dias.