Ladrões hipnotizam funcionária para roubar casa de câmbio

Agência EFE

ROMA - Dois italianos roubaram 500 euros de uma casa de câmbio no aeroporto de Treviso, no norte da Itália, após hipnotizarem a funcionária responsável pelo caixa com "algumas poucas palavras cadenciadas" e repetidas de forma contínua, acompanhadas de "uma série de gestos particulares".

A dupla pagou um cartão de recarga para telefone celular no valor de 10 euros com uma nota de 500 euros e, além de receber o troco de 490 euros, conseguiu pegar de volta o valor com o qual fizeram a compra por meio das técnicas de hipnose.

- Não me dei conta do que aconteceu, não entendia nada. Essa pessoa conseguiu me induzir a fazer o que eu fiz sem que percebesse - declarou a funcionária à imprensa local.

Segundo a polícia, que deteve os dois supostos ladrões na cidade de Nápoles - onde moram e há a suspeita de que cometeram crimes similares -, estes conseguiam adormecer suas vítimas, que permaneciam desnorteadas e inconscientes de seus atos enquanto eles as roubavam.

A captura aconteceu após uma distração dos hipnotizadores. Eles pagaram uma recarga de telefone celular com um cartão de crédito cujo roubo tinha sido denunciado, o que permitiu aos policiais descobrir o número de telefone dos supostos delinqüentes e identificá-los.

A polícia suspeita que os detidos, de 47 e 57 anos, estão por trás de vários delitos cometidos usando este tipo de técnica em diferentes regiões da Itália.