Dirigente do PKK é detido na Alemanha

JB Online

BERLIM - Nesta segunda-feira, um alto dirigente do proibido Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) foi detido na cidade alemã de Darmstadt, no oeste do país. As informações são da Promotoria Federal em sua sede em Koblenz.

O detido, de 42 anos, foi formalmente acusado de pertencer a uma organização criminosa, segundo se limitou a comunicar a Promotoria.

Há três semanas, a instituição pública também anunciou a detenção de outros três supostos dirigentes do PKK na área de Bonn e Colônia, que permanecem em prisão preventiva.

Na semana passada foi igualmente capturado em Berlim outro suposto dirigente do PKK, partido proibido na Alemanha desde 1993, com base em uma ordem de detenção do Supremo Tribunal alemão.

Este último detido, de 34 anos de idade e igualmente em prisão preventiva, é acusado de ser responsável do PKK na área da grande Berlim desde julho de 2007.