Nepal reage a protestos sobre o Tibet e prende 84

Agência EFE

KATMANDU - A polícia nepalesa reagiu neste sábado a uma manifestação pró-Tibet e prendeu dezenas de manifestantes.

A polícia diz ter detido 84 pessoas que protestavam contra o controle chinês no Tibet enquanto elas tentavam realizar a manifestação em frente a um consulado chinês no centro da capital do Nepal. A polícia informou que elas devem ser soltas no fim do dia.

A maioria, se não todos os manifestantes, era formada por tibetanos. Mais de 20.000 pessoas com etnia tibetana vivem no Nepal, onde muitas procuraram refúgio ao fugirem após a fracassada revolta contra a China em 1959.

O Nepal considera o Tibet como parte da China e não permite que tibetanos exilados organizem protestos contra o país vizinho.