Filho de Margaret Thatcher é acusado por golpe de Estado

Agência AFP

LONDRES - O governo da Guiné Equatorial emitiu uma ordem de prisão internacional contra Mark Thatcher, filho da ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher, acusado por Malabo de ser um dos instigadores do golpe de Estado fracassado de 2004, anunciou neste sábado o procurador geral guinéu-equatoriano.

- Hoje estamos mais do que convencidos de que Mark Thatcher participou da mesma forma que Simon Mann do golpe de Estado abortado em março de 2004 contra as instituições da Guiné Equatorial - declarou o procurador José Olo Obono.

O britânico Simon Mann, detido no Zimbábue em 2004, foi extraditado em fevereiro para Malabo, onde é acusado de ter sido o cérebro de um golpe fracassado contra o presidente Teodoro Obiang Nguema.

- Dispomos atualmente de novos elementos contra Mark Thatcher, e queremos interrogá-lo aqui (na Guiné Equatorial). Por isso decidimos abrir uma nova diligência, emitindo uma ordem de prisão internacional contra ele - explicou Obono.