Explosão em mesquita do Nepal deixa dois mortos e dois feridos

Agência EFE

KATMANDU - Pelo menos duas pessoas morreram e duas ficaram feridas gravemente deixou um ataque no sábado com explosivos a uma mesquita no sudeste do Nepal, informaram fontes policiais.

O atentado foi dirigido contra a mesquita de Biratnagar, localidade a cerca de 200 quilômetros da capital nepalesa e a segunda cidade mais importante do Nepal. Três bombas explodiram dentro do recinto religioso e feriram gravemente quatro pessoas.

Dois dos feridos morreram quando eram levados para hospitais devido à gravidade das lesões enquanto outros dois permanecem hospitalizados em estado crítico. O ataque foi reivindicado por um grupo chamado Defesa Armada do Nepal, que assinalou que continuariam sua ofensiva no Nepal até que seja reconheça como uma nação hindu.

Os muçulmanos são minoria neste país do Himalaia onde os hindus são maioria e gozam de um estado não confessional desde 2006. As explosões originaram cenas de pânico entre a população e o governo nepalês decretou o estado de exceção em Biratnagar.

Os nepalenses votarão no dia 10 de abril para escolher a Assembléia Constituinte, que redigirá uma nova Constituição, e decidirá o futuro sistema político do país.