Cancelamentos de vôos continuam no terminal 5 do Aeroporto de Heathrow

Agência EFE

LONDRES - Os problemas no recém-inaugurado terminal 5 do Aeroporto de Heathrow, em Londres, tiveram prosseguimento neste sábado com novos cancelamentos de vôos.

A companhia aérea British Airways, a única a operar no espaço, comunicou a suspensão de 54 vôos de curta distância previstos para este sábado, mas destacou que amanhã só 37 serão cancelados.

Assim, dos 347 vôos programados para hoje, apenas 293 foram confirmados, enquanto que, dos 331 marcados para domingo, 294 vão decolar.

Na quinta-feira, primeiro dia de funcionamento do terminal 5, todo o "check in" foi suspenso nos balcões da companhia. Além disso, foram registrados problemas na entrega das bagagens e muitos passageiros tiveram que passar a noite em hotéis próximos ou até no próprio aeroporto por causa dos atrasos e cancelamentos.

Apesar de tudo, uma porta-voz da British Airways disse hoje que a situação está melhorando aos poucos e que a empresa está trabalhando para normalizar seus serviços o mais rápido possível.

O novo terminal aéreo do Aeroporto de Heathrow, que custou 4,3 bilhões de libras (aproximadamente 4,5 bilhões de euros), foi inaugurado oficialmente em 14 de março.

Segundo o jornal britânico "The Times", a British Airways corre o risco de ser multada por não cumprir as normas da União Européia (UE) para a compensação dos passageiros.

A British Airways tem oferecido 100 libras por passageiro para custear uma noite de hotel. Porém, as regras européias estabelecem que, além de alojamento, a companhia aérea é obrigada a fornecer comida e bebida quando um vôo é cancelado.