EUA: Tribunal anula pena de morte de Mumia Abu-Jamal

Portal Terra

WASHINGTON - A Corte Federal de Apelações dos EUA anulou a sentença de morte de Mumia Abu-Jamal, um jornalista e ativista contra a pena capital, condenado em 1982 pela morte do policial Daniel Faulkner no Estado da Filadélfia.

A decisão reverteu a execução de Abu-Jamal em uma pena de prisão perpétua. Além disso, a Justiça concedeu a ele a oportunidade de um novo julgamento. Entretanto, ele pode ser novamente condenado à morte se decidir se submeter a um novo júri.

Abu-Jamal foi condenado pelo assassinato de Faulkner ocorrido na manhã de 9 de dezembro de 1981. O júri o declarou culpado pela morte do policial, que prendeu seu irmão por uma infração de trânsito.