Sete pessoas morreram em ataque americano no Iraque

Agência EFE

BAGDÁ - Pelo menos sete pessoas morreram e outras cinco ficaram feridas na madrugada deste sábado em um ataque americano e em um atentado registrado ao norte e no leste de Bagdá, informaram fontes do Ministério iraquiano de Interior.

Segundo as fontes, cinco membros da milícia árabe sunita Conselho de Salvação perderam a vida em um ataque lançado contra uma de suas patrulhas por um helicóptero americano, na aldeia Um al-Tolaib, próxima à cidade de Samarra, cerca de 120 quilômetros ao norte de Bagdá.

No fato ficaram feridos outros dois milicianos, afirmaram as fontes, sem proporcionar mais detalhes.

Dezenas de membros dessa milícia, que ajuda as forças iraquianas a combater a rede terrorista Al Qaeda, morreram nos últimos dois anos em ataques lançados por erro pelas tropas americanas.

O atentado foi perpetrado com uma bomba que explodiu durante a passagem de um ônibus na área de Al Machtal, ao leste da capital iraquiana, causando a morte de uma pessoa e ferimentos graves a outras três.

A detonação causou grandes danos ao veículo, agregaram as fontes.

A violência persiste no Iraque apesar das amplas campanhas de segurança nas quais participam dezenas de milhares de soldados americanos e iraquianos.