Manifestantes tibetanos invadem embaixada da China na Índia

Agência EFE

NOVA DÉLHI - Um grupo de pelo menos quinze manifestantes tibetanos invadiram nesta sexta-feira a embaixada da China em Nova Délhi com bandeiras e gritando palavras de ordem contra a realização dos Jogos Olímpicos de Pequim 2008.

As televisões locais mostraram ao vivo a Polícia indiana em meio a dezenas de ativistas que pularam a cerca da embaixada.

Os manifestantes que conseguiram entrar no edifício estavam com as mãos pintadas de vermelho e corriam no jardim da embaixada mostrando cartazes, e com fitas amarelas na cabeça.

Alguns deles estavam feridos na testa e sangravam, embora os agentes não tenham conseguido impedi-los de entrar no complexo onde fica a embaixada chinesa.

Os protestos pró-tibetanos na Índia, que começaram na localidade de Dharamsala, se estenderam ao nordeste do país e a Nova Délhi.

Dezenas de ativistas que fizeram manifestações durante os últimos dias em frente à embaixada chinesa foram detidos.