Itália leva a sério ameaça de Bin Laden ao papa

REUTERS

ROMA - Oficiais de segurança italianos consideram as novas acusações de Osama Bin Laden ao papa como uma grande ameaça, disse a agência de notícias Ansa na quinta-feira, citando uma fonte da unidade antiterrorismo do Ministério do Interior.

Um porta-voz do Ministério disse que os oficiais de segurança se reunirão na sexta-feira para examinar a mensagem gravada por Bin Laden, na qual ele diz que as charges que ofendem o profeta Maomé fazem parte de uma 'nova cruzada' que tem a participação do papa Bento 16.