França mantém vigilância 'permanente' diante da ameaça de Bin Laden

Agência EFE

PARIS - A França mantém uma vigilância 'permanente'diante da contínua 'ameaça terrorista' de Osama bin Laden, disse nesta quinta-feira o porta-voz do Governo francês, Luc Chatel, em reação à difusão de uma mensagem atribuída ao líder da Al Qaeda contra a União Européia (UE).

- Isso nos mostra mais uma vez que a ameaça terrorista é permanente e a reação da França é permanente - afirmou Chatel em declarações à televisão 'LCI', após ser perguntado pela mensagem de Bin Laden.

O porta-voz do Executivo francês disse que os corpos de segurança estão em alerta para fazer frente a esta ameaça terrorista.

- Não há pânico, mas sim determinação em nossas forças de segurança para lutar contra a ameaça terrorista que é permanente em nosso país - reiterou.

Um novo vídeo atribuído a Osama bin Laden divulgado através da internet ameaça realizar represálias contra a UE por causa de sua postura durante a 'crise das charges' do profeta Maomé e devido a suas relações com os Estados Unidos.