Soldados americanos matam policiais iraquianos por engano

Agência EFE

BAGDÁ - Pelo menos três policiais iraquianos foram mortos nesta quarta-feira por soldados dos Estados Unidos, que abriram fogo contra eles por engano em uma área a oeste de Kirkuk (nordeste de Bagdá), informou a agência 'Aswat al-Iraq'.

Segundo a agência de notícias independente, que cita uma fonte da Polícia iraquiana, os três policiais, entre eles um tenente, morreram quando viajavam em um veículo pelo distrito de Al-Rashad, ao sudoeste de Kirkuk, e militares americanos abriram fogo contra eles por engano.

Além disso, outro policial iraquiano ficou ferido neste ataque. Os corpos foram levados para o hospital público de Kirkuk, explicou a fonte, que não deu mais detalhes sobre o episódio.

Além disso, pelo menos 11 soldados iraquianos e três civis acabaram feridos nesta quarta-feira após a explosão de um carro-bomba que foi jogado por um suicida contra um quartel militar em Mossul, disseram fontes da Polícia. As fontes afirmaram que o suicida jogou o veículo contra o quartel no bairro de Al-Ansar, no leste da cidade. A explosão também deixou grandes danos materiais em edifícios próximos