População do Chipre elege presidente hoje

Agência EFE

NICÓSIA - Os cipriotas vão neste domingo às urnas para escolher um novo presidente para os próximos cinco anos dentre os dois candidatos mais votados no primeiro turno, Ioannis Kasoulides e Dimitris Cristofias.

Os 1.159 colégios eleitorais abriram às 7h (2h de Brasília). No país há cerca de 515.994 eleitores com direito a voto, entre eles pela primeira vez 390 turco-cipriotas que moram no sul da ilha.

Na primeira rodada, realizada em 17 de fevereiro, o atual presidente, Tassos Papadopoulos, foi derrotado.

Kasoulides é eurodeputado independente apoiado pelo partido conservador, enquanto Christofias é o atual presidente do Parlamento e secretário-geral do Partido Comunista moderado Akel.

Nos colégios eleitorais, o fluxo dos cidadãos é regular e o pleito transcorre com calma, conforme a Agência EFE pôde constatar em Larnaca e em Nicósia, mas com uma grande presença policial.

Segundo a comissão eleitoral cipriota, às 10h (5h de Brasília) a participação era de 16,84%, contra os 15,95% registrados no primeiro turno.

Na hora de emitir seu voto, os dois candidatos expressaram seu respeito pela decisão do povo assim como sua vontade de trabalhar para encontrar uma solução ao problema do Chipre.

-Este é um momento importante', disse o comunista moderado Christofias, que reiterou sua visão de um 'Chipre realmente independente sem a presença de exércitos estrangeiros- .

Kasoulides, por sua parte, expressou que deseja um Chipre que caminhe em direção ao futuro europeu.

O presidente em fim de mandato expressou seu desejo de união 'na luta comum pela salvação de nossa pátria'.