Explosão de mina no Afeganistão deixa sete mortos

Agência EFE

RIO - Sete seguranças de uma empresa de construção morreram neste sábado, quando uma mina explodiu quando o veículo no qual estavam passava pela província de Kunar, no leste do Afeganistão, informou à Efe o governador provincial, Sayed Fazlullah Wahidi.

Segundo ele, o automóvel no qual os vigias estavam passou sobre uma mina às 10h (2h30 de Brasília) em uma zona situada ao sul de Assadabad, a capital de Kunar.

A bomba tinha sido colocada recentemente no local no qual ocorreu o ataque, acrescentou a fonte.

Na segunda-feira passada, ao menos 35 civis morreram e outros 30 ficaram feridos em um ataque na zona de Spin Boldak, que era voltado a um comboio canadense e no qual um soldado ficou ferido.

Um dia antes deste atentado, um terrorista suicida aproveitou a aglomeração de centenas de aldeões em torno de uma briga de cachorros organizada em Kandahar para detonar a carga explosiva que carregava e matar cerca de cem pessoas.

O ano passado foi o mais violento no Afeganistão desde o início da invasão dos Estados Unidos e de seus aliados, em 2001, com mais de 6.300 mortos.