Sobe para 14 o número de mortos em ataque em comício no Paquistão

Agência EFE

LAHORE - Pelo menos 14 pessoas morreram neste sábado e 24 ficaram feridas devido à explosão de uma bomba durante um comício eleitoral realizado no noroeste do Paquistão, informou o Ministro do Interior paquistanês.

- Informaram-nos que 14 pessoas morreram e 24 estão feridas. Aparentemente, se trata de um ataque suicida - disse o ministro do Interior paquistanês, Hamid Nawaz Khan.

O balanço de vítimas aumentou rapidamente a respeito das primeiras informações, que falavam apenas de um morto e vários feridos que foram levados a um hospital.

A bomba explodiu durante um comício que o Partido Nacional Awami (ANP), uma formação laica, tinha organizado na cidade de Charsadda, na Província de Fronteira Noroeste.

- Estou bem, mas muitas pessoas estão feridas - disse ao canal "Dawn' o presidente provincial do partido, Afrasiab Khattak.

Os feridos, alguns deles em estado grave, foram levados para hospitais da zona, informou a Polícia.

A Província de Fronteira Noroeste é um dos centros de atividade dos talibãs paquistaneses, que têm seu reduto principal nas áreas tribais fronteiriças com o Afeganistão.

Também hoje, na cidade de Noshki, província de Baluchistão, a explosão de outra bomba deixou seis seguranças feridos.

Os partidos paquistaneses já estão se preparando para as eleições legislativas de 18 de fevereiro.