Grupo armado ataca sede da ONU em Mogadíscio

Agência EFE

MOGADÍSCIO - Um grupo não identificado de homens armados lançou nesta sexta-feira à noite dois ataques contra a sede das Nações Unidas em Mogadíscio, confirmaram neste sábado porta-vozes da organização e moradores da área.

Os atacantes jogaram uma bomba contra o portão de entrada do local, onde ficam os escritórios da ONU na capital somali, e depois abriram fogo contra o pessoal, disseram as fontes.

Os guardas de segurança da ONU responderam aos disparos dos atacantes, que saíram imediatamente. No entanto, uma hora depois, os homens voltaram ao local e atacaram novamente de várias posições, acrescentaram as fontes.

Os tiroteios não deixaram vítimas em nenhum dos dois lados, segundo os porta-vozes da ONU, que pediram para não ser identificados.

O prédio da ONU, situado nas imediações do aeroporto de Mogadíscio, foi atacado várias vezes nos últimos dois anos e seu pessoal recebe permanentemente ameaças de morte de desconhecidos, disseram as fontes da organização.

Nenhum grupo insurgente reivindicou até agora a autoria do ataque de ontem, e nenhum funcionário governamental quis comentar o ocorrido.