Bombardeiro russo invade espaço aéreo japonês e gera protestos

Agência EFE

TÓKIO - O Governo japonês apresentou neste sábado um protesto à Rússia por uma breve invasão em seu espaço aéreo de um bombardeiro russo, segundo a agência local 'Kyodo'.

A entrada no espaço aéreo japonês aconteceu ao sul da ilha de Izu (sul de Tóquio) por volta das 7h30 (20h30 de Brasília) e durou apenas três minutos.

O Ministério de Assuntos Exteriores japonês apresentou um 'forte protesto' por este incidente, de acordo com a 'Kyodo'.