Alemão obeso é preso após matar esposa com sentada

REUTERS

BERLIM - Um alemão foi condenado a cinco anos de prisão nesta quarta-feira após ter sentado em cima de sua mulher durante uma briga doméstica e tê-la esmagado tanto a ponto de matá-la mais tarde.

O homem de 128 kg "sentou no peito de sua esposa por pelo menos dois minutos e quebrou suas costelas em 18 lugares", disse Jan-Michael Seidel, porta-voz da corte de Hildesheim.

- Foi bastante deliberado.

A mulher, que tinha a metade do peso de seu marido, morreu por conta das lesões em menos de um mês. O homem, na faixa dos 50 anos, foi acusado de lesão corporal dolosa resultante em morte.

Ele disse à morte que havia acidentalmente caído em cima de sua mulher após tentar arrastá-la para outro cômodo da casa durante a briga. Análises forenses mostraram que o homem mentiu.