Raúl Castro é reeleito com mais votos que Fidel em eleições cubanas

Agência EFE

HAVANA - O convalescente líder cubano, Fidel Castro, foi reeleito deputado nas eleições do último dia 20, com 98,3% dos votos, mas foi superado por seu irmão Raúl, presidente interino do país, e que obteve 99,4%, informou hoje o jornal oficial "Granma'.

A publicação divulgou os resultados oficiais das eleições para a Assembléia Nacional e as assembléias provinciais de Cuba, nas quais votaram 8,2 dos 8,5 milhões de eleitores da ilha.

O deputado com maior número de votos é Raúl Castro, e a eleita com menor percentual é Elizabeth Cámara Baez, com 70,2%.

Fidel e Raúl Castro foram reeleitos em dois distritos diferentes da província de Santiago de Cuba.

A Assembléia Nacional será instalada em 24 de fevereiro, e nesse mesmo dia, após nomear a sua nova direção, designará o presidente, os cinco vice-presidentes, o secretário e os outros 24 integrantes do Conselho de Estado, principal órgão de Governo de Cuba, para um período de cinco anos.

A principal incógnita política da ilha é se Fidel Castro será reeleito presidente do Conselho, cargo que ocupa desde a criação da Assembléia Nacional, em 1976.

O líder cubano, de 81 anos, se recupera de uma grave doença que lhe obrigou a delegar suas funções a seu irmão Raúl, de 76 anos, em julho de 2006.