Quinze supostos terroristas são mortos e mais de 200 detidos no Iraque

Agência EFE

BAGDÁ - Pelo menos quinze supostos terroristas morreram e mais de 200 pessoas foram detidas em operações realizadas nas últimas 24 horas em diversas áreas do Iraque, informou hoje o Ministério de Defesa iraquiano.

Oito dos extremistas foram mortos nas províncias de Salah ad-Din e Diyala e na região de Kirkuk, ao Nordeste de Bagdá, e 101 suspeitos foram detidos.

Além disso, as forças de segurança mataram um terrorista e detiveram 64 pessoas em operações realizadas em diversos pontos de Bagdá.

Na província de Ninive, as forças de segurança mataram dois supostos terroristas e detiveram 29 suspeitos.

Além disso, na província de Al-Anbar, no Oeste do Iraque, a Polícia deteve quatro homens suspeitos de pertencer a grupos armados, enquanto um número similar foi preso nas províncias do Sul do país.

O Governo iraquiano prepara uma ampla campanha militar contra os redutos da rede terrorista Al Qaeda em Ninive, após os atentados da semana passada, que deixaram dezenas de mortos e feridos.