Hilary vence as primárias democratas da Flórida

Agência EFE

MIAMI - A senadora por Nova York Hillary Clinton venceu nesta quarta-feira com folgas as peculiares primárias democratas da Flórida em uma disputa simbólica, já que não poderá contar com o apoio dos 210 delegados do estado.

Após a apuração de 72% das urnas, Hilary liderava as primárias democratas com 50% dos votos, contra 32% de Barack Obama e 14% do ex-senador da Carolina do Norte John Edwards.

Os resultados das primárias democratas têm um valor relativo, porque não haverá delegados da Flórida na Convenção Nacional de agosto em Denver, que designará o candidato presidencial para as eleições de 4 de novembro.

Os dirigentes democratas puniram assim a Flórida por antecipar a data de suas primárias.

No entanto, Hilary agradeceu em seu discurso a seus partidários na Flórida, e afirmou que pedirá que os delegados do estado assistam à convenção.

- Esta foi uma eleição intensa, porque as pessoas realmente se importaram com o que está acontecendo em nosso país, muitas das pessoas com que falo estão preocupadas com a economia, a educação de seus filhos e se somos capazes de restabelecer nossa liderança no mundo - manifestou.

- Os Estados Unidos estão de volta e vamos retomar nossos destinos - disse a pré-candidata democrata.