Helicópteros abrem fogo contra multidão no Quênia

REUTERS

NAIRÓBI - Dois helicópteros militares abriram fogo hoje contra uma multidão que ameaçava membros da tribo luo abrigados em uma delegacia na cidade de Naivasha, no Vale do Rift.

Os helicópteros dispararam diversas vezes utilizando munição de borracha, de acordo com a polícia local, atingindo um grupo de 600 pessoas que agitavam facões e paus de madeira contra os integrantes da tribo inimiga.

O incidente ocorreu enquanto a polícia preparava a retirada de 300 refugiados luo para protegê-los da multidão de maioria Kikuyu, que recuou com o ataque do helicóptero. A onda de violência no Quênia começou após as eleições presidenciais de dezembro e deixou cerca de 800 mortos em todo o país em um mês.