Desemprego cai ao nível mais baixo em uma década no Japão

Agência EFE

TÓQUIO - O desemprego no Japão caiu para 3,9% em 2007, contra 4,1% do ano anterior, e ficou na casa dos 3% pela primeira vez em uma década, informou nesta terça-feira o Governo japonês.

Segundo o relatório do Ministério de Assuntos Internos e Comunicações, 2,31 milhões de japoneses estiveram desempregados em 2007, 130 mil a menos que no ano anterior.

De acordo com os dados, durante o mês de dezembro a taxa de desemprego nacional se manteve em 3,8%, a mesma porcentagem registrada em novembro.

A proporção total de novas ofertas de trabalho frente à procura por emprego em 2007 caiu 0,02%, para 1,04%.

Ou seja, para cada 100 pessoas que procuram emprego no país existiam 104 postos disponíveis.