Iraque: Maliki anuncia nova ofensiva militar na província de Ninawa

Agência EFE

BAGDÁ - O primeiro-ministro iraquiano, Nouri al-Maliki, anunciou hoje uma nova ofensiva militar na província de Ninawa, principalmente em sua capital, Mossul, para combater a insurgência vinculada à Al Qaeda.

Em entrevista coletiva na cidade santa xiita de Karbala, a 110 quilômetros de Bagdá, Maliki disse que "o objetivo desta nova operação militar em Mossul é eliminar o restante da Al Qaeda em Ninawa e acabar com as raízes do terrorismo" no local.

Para Maliki, Ninawa - de maioria sunita - será crucial na batalha contra a insurgência vinculada ao grupo terrorista Al Qaeda no Iraque.

- O último crime cometido na quarta-feira pela Al Qaeda em Mossul nos deu ímpeto e incentivos para mobilizar tropas em Mossul para a batalha crucial - disse.

Pelo menos 38 pessoas morreram e 235 ficaram feridas em um atentado cometido há dois dias em Mossul, quando uma carga explosiva explodiu dentro de um edifício dessa localidade.

Um dia depois desse ataque, o chefe da Polícia da província de Ninawa morreu em um atentado suicida dirigido contra ele, quando inspecionava esse edifício.

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais