Síria afirma que não busca 'solução por vias militares' com Israel

Agência EFE

DAMASCO - O ministro de Assuntos Exteriores da Síria, Walid Moualem, disse hoje que seu país não busca uma 'solução por vias militares' com Israel, e que por isso está disposto a retomar as negociações de paz com o Estado judeu.

- Uma solução (ao conflito árabe-israelense) no Oriente Médio requer uma posição árabe pactuada. Nós não estamos em absoluto buscando uma solução militar (com Israel) - destacou Moualem, em declarações divulgadas no site do canal de TV 'Al Arabiya'.

Nesse sentido, lembrou que a Síria participou das conferências internacionais de paz do Oriente Médio realizadas em Madri em 1991 e na cidade americana de Annapolis, no fim de novembro último.

Também ressaltou que o Governo de Damasco está disposto a retomar as conversas de paz com Israel (para recuperar as Colinas do Golã sírias) 'de uma forma que não afete o andamento das negociações palestino-israelenses'.

Moualem também se referiu à crise presidencial libanesa, ao indicar que a reunião dos ministros árabes de Assuntos Exteriores, realizada no Cairo no último domingo, aconteceu em meio aos esforços para ajudar a resolver esse problema.

- Eu acho que a Liga Árabe e seus ministros de Exteriores desejam que a solução para essa crise saia do marco de um acordo integrado antes da cúpula árabe', cuja realização está prevista para Damasco no fim de março próximo.

O Líbano se encontra sem presidente da República desde 24 de novembro último.