Prodi promete 3 incineradores em Nápoles para acabar com crise do lixo

JB Online

ROMA - Romano Prodi, atual chefe de governo da Itália, apresentou uma série de medidas para resolver a crise do lixo que abala a cidade de Nápoles.

Entre as possíveis soluções estaria a criação de três incineradores que diminuiriam consideravelmente o excesso de lixo que continuam tomando conta das ruas, apesar da intervenção do exército no transporte e descarregamento em outros locais. Antes da ajuda dos soldados, algumas escolas haviam fechado suas portas.

Romano Prodi tenta mostrar determinação na resolução do problema, e culpa a máfia de Nápoles pela crise do lixo que já dura mais de 14 anos. A Camorra é responsável pelo controle do setor de lixo.

Prodi disse ainda que a intervenção do exército é um sinal de que a máfia italiana - Camorra, vai ser colocada à parte. Prodi assegura que Nápoles não vai tolerar chantagens no transporte e criminalidade.

A Camorra controla o setor do lixo e as autoridades esperam dar um fim a crise que já dura ao menos 14 anos.