Parlamento do Kosovo submete novo Governo à votação

Agência EFE

PRISTINA - O Parlamento do Kosovo iniciou nesta quarta-feira, com várias horas de atraso, a sessão na qual submeterá à votação o novo Governo, surgido das eleições de novembro e que poderia em breve declarar a independência da província.

O Governo estará liderado pelo ex-líder guerrilheiro Hashim Thaçi, do Partido Democrático do Kosovo (KDP), vencedor do pleito e que conta com 37 dos 120 deputados da Câmara.

O KDP compartilhará o poder com a Liga Democrática do Kosovo (LDK), do presidente kosovar, Fatmir Sejdiu, que se manterá no cargo nos próximo cinco anos, segundo um acordo entre as duas legendas.

Espera-se que os deputados se pronunciem sobre este acordo hoje.

A LDK, o segundo partido mais votado em novembro, tem 25 cadeiras. No novo Governo, a legenda ocupará cinco pastas, contra sete do KDP.

As minorias também estarão representadas, com três ministros, dois deles sérvios, apesar do boicote eleitoral.

No início da sessão de hoje, Jakup Krasniqi, do KDP, foi eleito presidente da Câmara.