Sarkozy diz a Bono Voz que cumprirá suas promessas de ajuda à África

Agência EFE

PARIS - O vocalista irlandês Bono assegurou nesta terça-feira, depois de se reunir com o presidente francês Nicolas Sarkozy, que este prometeu cumprir as promessas francesas de ajuda à África.

O líder do grupo U2 e um dos co-fundadores do movimento Debt AIDS Trade África (Data), disse que Sarkozy afirmou que apresentará 'um novo plano sobre a forma como a França se propõe a cumprir a promessa feita em 2005'.

Na cúpula do G8 em Gleneagles, Escócia, em 2005, os sete países mais industrializados do mundo e a Rússia se comprometeram a dedicar US$ 25 bilhões anuais ao desenvolvimento da África até 2010.

Neste momento, 'é difícil imaginar como a França poderia cumprir essa promessa', afirmou Bono, antes de declarar-se 'encantado em dizer que o presidente se comprometeu novamente em cumprir esta promessa'.

- Ele me disse que seria muito difícil (...) o que tinha prometido ao povo francês sobre melhorar seu futuro, mas que é possível satisfazer os dois objetivos - assinalou o cantor.

Por outro lado, Sarkozy também lembrou, segundo Bono, que a França abonaria os 20 milhões de euros que faltam para alcançar os 300 milhões prometidos para o fundo global contra a aids, a tuberculose e a malária.