Povoados do Equador são afetados por cinza de vulcão Tungurahua

Agência AFP

QUITO - Vários povoados foram afetados pela queda de cinzas do vulcão Tungurahua, no sul do Equador, que aumentou sua atividade intensamente desde o início de dezembro, informou nesta terça-feira o Instituto Geofísico equatoriano.

A atividade do vulcão (135 km ao sul de Quito) mantém "uma tendência ascendente" com "a emissão moderada de cinza", que caiu sobre povoados do lado sudoeste, segundo o organismo.

O instituto também relatou um "aumento da intensidade dos ruídos" da cratera e acrescentou que os níveis de sismicidade são similares aos de julho de 2006, quando outra violenta erupção matou seis pessoas e deixou 6.500 desabrigados.

Várias aldeias assentadas no pé do maciço, de 5.029 metros de altitude, tiveram de ser evacuadas naquela ocasião.

Na base de Tungurahua, fica a localidade turística de Baños, de 15.000 habitantes, que foram retirados à força em 1999 e cujo retorno levou vários meses.