Oposição georgiana ameaça organizar protesto se não houver 2° turno

Agência AFP

TBILISI - A oposição georgiana ameaçou nesta terça-feira tomar as ruas de toda a Geórgia se o governo não anunciar um segundo turno das eleições presidenciais antes de 13 de janeiro.

- Se não tivermos um segundo turno até 13 de janeiro, toda a Geórgia sairá às ruas - declarou Salomé Zurabishvili, uma das líderes oposicionistas e ex-chefe da diplomacia georgiana.

Segundo a lei georgiana, a Comissão Eleitoral central tem até este domingo para publicar os resultados definitivos da eleição presidencial do sábado passado, que foi vencida, segundo os dados preliminares, pelo atual presidente, Mikhail Saakashvili.