No Quênia, avó de Obama reza para que ele vença

Portal Terra

NAIRÓBI - No Quênia, bem longe dos Estados Unidos, a avó do pré-candidato democrata Barack Obama reza para que ele seja o próximo presidente do país americano. Apesar da torcida, Sarah Onyango Obama não arrisca um palpite sobre as eleições presidenciais nos EUA. - Ele é um bom ouvinte e se tiver uma chance vai trabalhar duro pela América - diz Sarah. As informações são da CNN.

Sarah e Said Obama, tio do pré-candidato, vivem em uma casa isolada, a milhas se distância da aldeia mais próxima, onde não tem televisão e criam galinhas.

Sepultado na região está o pai de Obama, que morreu em um acidente de carro em 1982. A avó diz que o filho não se surpreenderia com o sucesso do pré-candidato.

Em um livro em que homenageia o pai, Obama admite que só visitou o país africano depois da morte dele. Durante a juventude, Obama viveu no Kansas (EUA) com a mãe, que separou-se do pai quando ele ainda era jovem.

Ao falar sobre os conflitos que vive o Quênia neste momento - em que combates entre o governo e a oposição deixaram dezenas de mortos depois das eleições presidenciais -, o tio do democrata afirma "políticos são políticos", porém ressalta que o sobrinho é diferente: "Obama é de origem muito humilde e vai entender as pessoas nesta situação, que vivem na pobreza", diz.