Bomba fere dois soldados de paz da ONU no Líbano

REUTERS

BEIRUTE - Dois soldados de uma missão de paz da Organização das Nações Unidas (ONU) ficaram levemente feridos quando uma bomba de beira de estrada atingiu o veículo em que viajavam no sul do Líbano, nesta terça-feira, disse um representante da entidade.

O porta-voz da ONU não identificou a nacionalidade dos feridos. Fontes de segurança primeiramente afirmaram que eles eram espanhóis e depois, irlandeses.

A explosão estilhaçou as janelas do veículo da ONU na região do vilarejo de Rmaileh, 35 km ao sul de Beirute, e não muito longe do campo de refugiados palestinos de Ain al-Hilweh, um reduto de grupos militantes.

Foi o terceiro ataque contra a força, composta por 13.500 integrantes e conhecida como Unifil. A missão foi reforçada depois da guerra de um mês entre o Hezbollah e Israel, em agosto de 2006.

No primeiro ataque, em junho do ano passado, três soldados espanhóis e três colombianos morreram quando uma bomba destruiu seu veículo blindado. Em julho, uma bomba explodiu perto de uma posição da Unifil, mas não deixou feridos.

A explosão desta terça aconteceu horas depois de dois foguetes lançados do Líbano explodirem na cidade israelense de Shlomi, sem deixar feridos, segundo Israel.

O Estado judaico está em alerta máximo por causa da visita do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, que começa na quarta-feira.