Caso de fechamento de TV paquistanesa volta a tribunal provincial

Agência EFE

ISLAMABAD - A Corte Suprema do Paquistão devolveu hoje ao Tribunal Superior da província de Sindh um pedido da emissora privada 'Geo TV' para voltar a transmitir, depois que o Governo decidiu fechá-la em 3 de novembro, dia em que foi declarado o estado de exceção no país.

Segundo uma fonte judicial citada pela 'Dawn TV', o pedido voltará agora à corte provincial, que não pôde decidir sobre o caso em novembro do ano passado pela supressão das garantias constitucionais naquele momento.

A emissora da TV, que era a mais popular do Paquistão, transmite agora por satélite - mas seu sinal não chega à maioria dos lares paquistanesas - e mantém com alguns problemas sua página virtual.

Os escritórios da cadeia foram invadidos com freqüência pela Polícia para evitar que transmitisse ao vivo protestos violentos ou imagens contra dos interesses do Governo.