Ex-senador McGovern pede impeachment de Bush e Cheney

Agência EFE

WASHINGTON - O ex-senador George McGovern, candidato presidencial democrata em 1972, pediu hoje ao Congresso dos Estados Unidos para que inicie um julgamento político (impeachment) contra o presidente George W. Bush e o vice-presidente Dick Cheney.

- Quando entramos no oitavo ano da administração Bush-Cheney cheguei, a meu pesar, à conclusão que o único curso honorável é urgir o julgamento político de ambos - escreveu McGovern em artigo publicado pelo jornal "The Washington Post".

McGovern foi o candidato presidencial do Partido Democrata em 1972, quando se destacou por sua posição contra a Guerra do Vietnã e foi derrotado pelo republicano Richard Nixon.

Foi durante aquela campanha eleitoral quando pessoas contratadas pela Casa Branca entraram ilegalmente em um escritório do Partido Democrata no edifício Watergate, em Washington, em um incidente que conduziria dois anos depois à renúncia de Nixon.

McGovern disse que naquela época ele se manteve à margem dos pedidos de julgamento político contra Nixon porque pensou que, se tivesse se somado, teria sido visto como uma expressão de revanche pessoal contra o presidente que o tinha derrotado.

- As coisas são diferentes agora - acrescentou.

- Bush e Cheney são, claramente, culpados de várias transgressões merecedoras de julgamento político - escreveu o ex-senador de Dakota do Sul. - Violaram repetidas vezes a Constituição. Têm transgredido leis nacionais e internacionais. Mentiram para os cidadãos americanos várias vezes. Sua conduta e suas políticas bárbaras levaram nosso amado país a uma diminuição histórica perante os olhos dos povos do mundo - acrescentou.