Rússia completa entrega a Cuba de três aviões Tu-204

Agência EFE

MOSCOU - A companhia aeronáutica russa Aviastar-SP entregou neste sábado a Cuba o terceiro e último avião de passageiros Tu-204-100E dentro de um contrato assinado em agosto de 2005.

- O primeiro aparelho da série foi fornecido a Cuba em 2 de agosto, e o segundo foi entregue ontem na Rússia - disse um porta-voz da companhia fabricante, localizada na cidade de Ulianovsk, às margens do rio Volga.

Após finalizados os trâmites alfandegários em Moscou, os dois últimos aviões tomarão vôo rumo a Havana com tripulações cubanas, acrescentou o porta-voz, citado pela agência 'Interfax'.

O avião Tu-204-100E, uma versão modernizada do básico Tu-204, "corresponde plenamente às normas russas (AP-25) e internacionais (JAR-25)' que são aplicadas aos aparelhos modernos, indicou a fonte.

O Tupolev Tu-204, um avião bimotor que pode transportar até 212 passageiros, realizou seu primeiro vôo em 1989.

Destinado a cobrir rotas de médio alcance, é considerado o equivalente russo do Boeing-757 americano.

As partes não quiseram revelar os valores do contrato da compra dos três Tu-204.

A imprensa russa informou antes que os bancos russos VEB, Roseksimbank e VTB tinham finalizado este mês a concessão de empréstimos no valor de US$ 203,4 milhões à companhia cubana Aviaimport para a aquisição dos aviões russos.

Dentro do programa de apoio da exportação russa, em 2005-2007 foram realizadas duas transações de venda a Cuba de aviões russos - três Il-96-300 e outros três Tu-204 - pelo valor de cerca de US$ 300 milhões, segundo a 'Interfax'.