Primeiro-ministro japonês inicia visita a China

Agência AFP

PEQUIM - O primeiro-ministro japonês Yasuo Fukuda chegou nesta quinta-feira a Pequim em sua primeira visita a China, com o objetivo de dar prosseguimento à reconciliação entre os dois países asiáticos.

Fukuda, que permanecerá quatro dias na China, se reunirá na sexta-feira com o colega Wen Jiabao, assim como com o número um chinês, Hu Jintao, secretário-geral do Partido Comunista e presidente da República.

A China rejeitou qualquer contato de alto nível entre 2001 e 2006, durante os mandatos do então premier Junichiro Koizumi, devido especialmente a suas habituais visitas ao santuário Yasukuni, que venera a memória dos soldados japoneses mortos em combate, incluindo criminosos de guerra.

O sucessor de Koizumi, Shinzo Abe, voltou à China em outubro de 2006, em sua primeira viagem ao exterior, e retomou o caminho da reconciliação nas relações bilaterais.

Fukuda, que sucedeu Abe em setembro, é conhecido por ser partidário de uma aproximação com a China e por ter se negado a visitar Yasukuni.